Monthly Archives: December 2012

The jitters

Stand closer as I watch your fingers swim through the gold above your eyes

Grin wider before I spread my sinews across our table and make a mess out of my jitters

Remember everything before the upcoming time takes us wholly to another degree of sadness

Stand closer, let me breathe in your womanly scent and wish it were strawberries again

Don’t fall behind as I recite your every line with starry eyes and try as hard as I can to bind our lips together in one single fleshy mass

Advertisements

O bom e velho fatalismo

Você. Que pena olhá-la e ver essa carne morta balançando para cima e para baixo nos sorrisos secos e azedos, debaixo da pele flácida que te cobre dos pés à cabeça. Como foi que você ficou assim? Foi de tanto chacoalhar o deplorável “Deus sabe o que faz” no recheio de uma risada falsa de quem finge não entrar em desespero? Perdeu no repente o juízo que te valia o pouco que ainda te diziam merecer. Receio ter que lidar ainda com partes da sua massa, antes que sua própria invalidez a envie de volta à terra.

Mas e daí? Vá lá, continue a acreditar: Ele é cego, surdo e não sabe discernir certo e errado; seus desejos serão realizados.

Resmungo

A criança que engolia sal não sabia o que viria atormentá-la. Tal era o seu estado de latência que, na virada do ano e das mais novas vagas da madrugada, não olhava os fogos coloridos e barulhentos; se iluminava com a luz dos próprios olhos.

Of good shaped psyche there are only those tales dimmed and inaccurate. If only once could one find the lore of liquid respite that lies in its slumber inside their own accommodation, they’d consider all of the unthinkable. As did all the very best of us.

Arrependimento

Quando o mundo nos dá um espaço curto de tempo para escaparmos da perseguição carnívora das horas, não nos conformamos com a felicidade; resolvemos encarar os erros e refletir sobre sua ressonância.

Foi sobre ele que vaguei essa tarde. Amigo e pai, companheiro formador de opiniões, conceitos e personalidade. Homem de brio indiscutível, inteligência notória, impressão artística. Sorriso calmo e imperceptivelmente contagiante, distribuidor de risadas. Pessoa que deixava um vão de incompreensão de onde quer que fosse embora, um vazio delgado que só se completava com frequente distração. Amigo e pai, companheiro e professor.

O tempo não perdoa. Ele corrói, consterna, revolve as tristezas e faz delas goteira. E se são elas erros, arrependimentos… haja coragem, haja força!

Não dividi meu tempo com você, não tentei absorver uma fração sequer de sua sabedoria. Não dei valor ao tempo que se esgotava, não quis ter na memória palavras suas, conselhos, experiências… pudera eu ter uma só vez a bênção de uma longa conversa. Ou ao menos dizer um adeus decente, uma despedida digna de um homem tão singular. Quem sabe então não padeceria tanto dessa saudade, meu amigo!

Resta apenas o desejo de que em algum lugar, sua sabedoria viva como uma força motriz daquilo que sempre fora: alma boa, alma feliz. Esteja em paz…

Branca

She captured the exact moment in which I breathed deepest

I incurred buoyant thoughts about every twitch and every quip to date

And I found I had gotten more than I’d bargained for.

What thrill it was to find I could still betray my hardened wits with childplay!

Clever enough, I give you that. That’s what it is, as you never had any intentions of spreading out your thoughts

Alas, a rash undercover competition, and we’ll leave it be!