Ritmo e catarse

Eu tendo a ser completamente meu
Mas não sei
De vez em quando você aparece no caminho
E não sei…
Se devo encher balões ou soar clarins, não sei
O que sei é que você aparece,
Mesmo que não seja sempre,
E eu tendo a mudar meu caminho
Mas apenas tendo…
A gente não sabe ninguém
A gente não sabe quem é
E se sabe fica louco, muito provavelmente
Porque é nas esquinas de dentro da gente
Que moram as coisas brotadas do céu.

Advertisements

Posted on 25/09/2013, in Portuguese, Verse. Bookmark the permalink. Leave a comment.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: